quinta-feira, julho 14, 2011

A Polêmica da Nutella


Nos últimos dias, muito se falou sobre nutella nas redes sociais
Li sobre o assunto pela primeira vez no blog do Carlos Dória, leia também
O post fala sobre denúncias de contaminação de ftalato presente na embalagem de nutella na Europa
Acontece que estas matérias são de 2010 e não há nelas qualquer fonte confiável que declare oficialmente a pretensa denúncia
Pode realmente estar acontecendo na Europa, mas e aqui? Temos os mesmos fornecedores de embalagens?
Fiz contato com a empresa Ferrero que produz a nutella no Brasil, mas após 48 horas, infelizmente, não obtive resposta.
Primeiro entrei em contato pelo telefone, mas a moça que me atendeu disse que este assunto precisaria ser encaminhado por email, recomendação que atendi prontamente
 A nutella é vendida em 2 tipos de embalagem:
Esta é a menor
Pote de vidro fabricado pela Saint Gobain de acordo com pesquisas que fiz
Tampa de plástico
Com o auxilio da Marisa Ono, que alem de entender tudo de Gastronomia Japonesa e ser a precursora do delicioso alho negro no pais, é cientista e já trabalhou na industria de plásticos.
Por isso me ajudou a entender os símbolos gravados nas embalagens
Nesta tampa, por dentro, esta gravado PEDB, tipo de plástico que não contem ftalatos.
A embalagem maior é toda de plástico
e olha o símbolo gravado nela:
Um triângulo com o número 1 dentro que segundo a Marisa significa que o material é o PET, tipo de plástico igual ao utilizado nas garrafas de refrigerantes e isento de ftalatos
Quer saber mais sobre o uso do plástico em embalagens de alimentos?
Veja aqui e aqui
Ai o Carlos Doria soltou um outro post sobre o assunto com uma receita artesanal de nutella
Realmente na embalagem do creme você pode perceber que:
O ingrediente mais presente na formulação do creme é o açúcar e em segundo lugar o óleo de palma. Só depois é que aparece a avelã e o cacau...
Pela receita artesanal, a avelã deveria estar presente com 33% da formulação
Resolvi fazer alguns testes





Nesta foto, da esquerda para a direita:
nutella do potinho
a receita tradicional com chocolate belga 70% de cacau
a receita tradicional com chocolate ao leite belga
ganache feito com chocolate belga gianduya que tem 33% de avelã
Não tenho equipamentos suficientes para uma moagem fina da avelã, mas é possível fazer em um simples liquidificador
O creme nutella, amado por tantos, é bem doce e gorduroso e o gosto residual é de baunilha e não de avelã
A baunilha que muitas vezes deixa aquele desejo de 'quero mais'
A receita tradicional com o chocolate 70% ficou bem mais forte e saborosa, mas diferente do creme
O chocolate de Gianduya me parece ser uma excelente opção:
Mais saboroso, doce, suave, com mais cacau e mais avelã que a amada mistura cremosa.
E custa a mesma coisa!
Mas não tem consistência cremosa
Existe no mercado uma pasta de avelã, vou comprar e testar. Talvez seja o ideal para o preparo da mistura.
A nutella é uma marca super conhecida e reconhecida,
mas se fosse você corria para uma loja especializada para comprar 
o chocolate belga de gianduya e um bom creme de leite só para sentir a diferença no sabor!
No sábado postarei uma deliciosa receita que fiz a partir destas misturas artesanais
E assim que testar a pasta, postarei os resultados

7 comentários:

  1. Achei estranho ler que a Ferrero "confirmou a presença de substâncias nocivas nos spreads, mas inofensivo quantidade de acordo com eles" e não encontrar nem um estudo muito menos um comunicado da empresa. De onde teria vindo essa afirmação? Sem documentação, não há prova e uma afirmação dessa tem a validade de um boato ou pior, difamação.
    Ainda não pesquisei muito a respeito dos efeitos do ftalato no organismo humano. Li apenas algo sobre pesquisas em cobaias. Mas certamente há muito material, pesquisas acadêmicas com argumentos e dados consistentes.

    ResponderExcluir
  2. eu desconfio de industrializados em geral, mas com tantas porcarias no mercado, a nutella é das 'menos piores'...

    ResponderExcluir
  3. As melhores informações sobre o ftalatos, Marisa, eu encontrei aqui http://www.greenfacts.org/es/dbp-dibutyl-phthalate/index.htm#0
    Explorando abas e links
    E Pat, você tem razão, mas acredito que o mais importante é a possibilidade de tomarmos decisões de compra e consumo de alimentos mais conscientes e informação é fundamental para isso.

    ResponderExcluir
  4. Em Paris vi potes de vidros do grande. Já por aqui só vejo os potes de vidros quando vem nos copinhos.
    Espero que não tenha nenhuma contaminação com essa delícia!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. mandou bem, tem que desconfiar sempre, nada como um post assim tao detalhadamente explicadinho

    ResponderExcluir
  6. Adorei este post, Didi, muito interessante e didático. Só agora vi!! Bjs,

    ResponderExcluir
  7. Credo... to me mordendo aqui pra fazer isso! Claro q vou testar ainda hoje hoho!
    Valeu ai, mto bom o post!!!

    ResponderExcluir